Bem Vindos

Olá!

Queremos dar as boas vindas a todos os visitantes.

Somos um grupo de formandas e formadores do curso de Educação e Formação de Adultos - Agente em Geriatria e vamos aqui apresentar o nosso tema de vida “Conta-me como era…”.

Estamos a realizar uma pesquisa sobre variadíssimos temas do século XX, incluindo o quotidiano, a vida familiar, a saúde e os acontecimentos nacionais e internacionais mais marcantes.

No final vamos apresentar uma dramatização sobre este tema, onde iremos reviver a vida nas ruas da Lisboa antiga. Convidamos todos os interessados a comentar.

Contem-nos como era e acompanhem-nos nesta viagem ao passado no comboio da saudade!

Estamos a fazê-lo com todo o gosto, esperamos que se divirtam.

13 de abril de 2010

Condições de trabalho precárias


Antigamente não haviam regras de higiene e segurança no trabalho, nem se tomavam cuidados na prevenção de doenças profissionais. As condições de trabalho eram muito precárias para os operários.
Para aqueles que, por exemplo, trabalhavam com carvão, a esperança média de vida era de 35 anos. A mão-de-obra era barata e muito abundante, pelo que os patrões não valorizavam os seus operários, a quem tinham feito o favor de dar emprego. Assim o trabalhador submetia-se as humilhações para manter o emprego e a família.
Haviam muitos acidentes de trabalho na construção civil e nas fábricas.
Em consequência das condições precárias, muitos jovens adultos acabavam por adquirir doenças crónicas graves e outros incapacitados, sem qualquer tipo de protecção social.

6 comentários: